quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Projeto Hábitos de higiene pessoal na educação


Acadêmica: Adriana Peschisky Pawlak            
                Tema: Hábitos de higiene pessoal na educação
1- Identificação:

Escola situada em boa vista Passo Liso, Raquel de Queiroz, interior da cidade de Laranjeiras do sul, com atuação de 50 alunos da educação infantil.

2- conteúdo:
·          Contar história e conversar
            Duração: um dia
- Contar história sobre higiene do corpo. Sugestão de livro: “Vamos escovar os dentes” da autora Beatriz Matiotti Odriozola.
- Conversar com as crianças sobre a importância de tomar banho, pentear os cabelos, usar roupas limpas, lavar as mãos ao usar o banheiro e antes das refeições, escovarem os dentes, etc. Verificar através da conversa, os conhecimentos prévios dos alunos e os conceitos apreendidos.

·          Vídeos e atividades
            Duração: um dia
- Exibição dos vídeos:
   Ratinho Castelo Rá-tim-bum
   Ratinho escovando os dentes
   Musica- lavar as mãos (Eliana)
- Explicar a importância dos hábitos de higiene para a saúde e aparência.
- Pedir que os alunos identifiquem e coloram desenhos que envolvam objetos de higiene pessoal (sugestão de desenhos em anexo)

·        Artes
Duração: um dia
- colar lã ou barbante no lugar da piaçava.
- colorir de vermelho o retângulo na figura abaixo.
  (Sugestão de imagem em anexo)
·         Matemática
 Duração: um dia
- contar quantas escovas está dentro do conjunto, colorir as figuras iguais colocar em cada quadrinho quantos elementos tem cada conjunto, ligar a quantidade de figuras correspondente.

·         Natureza e sociedade
Duração: um dia
- ligar os objetos de higiene que começam com a letrinha abaixo, você sabe responder? Observar bem a ilustração identificar os nomes dos objetos de higiene que você conhece.
- montar um mural com vários rótulos de higiene pessoal.


3- Justificativa:

       O projeto Higiene Corporal, será desenvolvido por uma justa causa de introduzir o assunto em pauta em creches que deveria exercer com mais vigilância e obrigação de estar sempre cuidando e zelando pela saúde do corpo das crianças, mas não só em creches que temos a obrigação de estar por dentro do assunto sobre higiene corporal.
       É fundamental que os alunos conheçam bons hábitos, mas não basta apenas informá-los é preciso trabalhar a aquisição desses hábitos, para que dessa forma possam desenvolvê-los. Após algumas aulas de observações e algumas discussões na própria creche, devido ao contexto em que está inserida, a escolha do tema do projeto “HIGIENE CORPORAL” deve-se ao fato de que alguns alunos apresentaram necessidades de cuidados com o seu corpo e por ser uma comunidade de baixa renda. Os alunos dessa creche são muito carentes e precisam de orientações de como cuidar do próprio corpo, sendo essencial educar para a saúde contribuindo para a formação de bons hábitos e atitudes.
       A higiene corporal é tratada como condição para a vida saudável. A aquisição de hábitos de higiene corporal tem início na infância, destacando-se a importância de sua prática sistemática. A infância é uma das fases mais decisivas na construção de condutas e a escola como uma instituição social é privilegiada pelo fato de poder desenvolver trabalhos sistematizados e contínuos. Os alunos precisam responsabilizar-se com crescente autonomia por sua higiene corporal percebendo-a como fator de bem-estar e como valor da convivência social. Portanto faz-se necessário contribuir com medidas práticas para que os alunos possam ter autonomia no cuidado com o corpo, como por exemplo, lavar as mãos antes das refeições e após as eliminações, limpeza de cabelos e unhas, higiene bucal e banho diário; favorecendo assim a saúde individual e coletiva. É fundamental que os alunos conheçam bons hábitos, mas não basta apenas informá-los, é preciso trabalhar a aquisição desses hábitos, para que dessa forma possam desenvolvê-los.
      Deveríamos ter motivos desde criança até quando idosos em nos preocupar com a higiene do nosso corpo e só assim teríamos uma boa saúde e retardaríamos as doenças e a velhice precoce. A tese do projeto é de conscientizar a Higiene do corpo, Percebendo que a higiene é importante em nossa vida, fazendo com que eles reflitam quais são as partes essenciais que deveremos limpar todos os dias do corpo, começando com a higiene bucal, lavar bem o rosto, e com asseio as partes intimas os olhos, as mãos e braços antes das refeições, lavando os cabelos sempre que sujos.
      Este projeto será de grande importância para a educação daqueles alunos, e será mais bem desempenhado com a colaboração de todos os funcionários daquela creche. Este projeto poderá estimular o bom comportamento dos alunos, quando se diz respeito à higiene, e através da empolgação dos alunos ou mesmo a resposta dos alunos as aulas, podem levar ao professor trazer mais novidades sobre o assunto para a sala de aula. Este projeto propiciará aos alunos além de boas práticas de higiene um entendimento interdisciplinar e desenvolvimento de raciocínio entre as cinco disciplinas: natureza e sociedade, artes musica, matemática, movimento, linguagem oral escrita.

4-Objetivo Geral
Estimular os hábitos e práticas de higiene para as crianças da educação infantil incentivando-as a conhecer e a cuidar do próprio corpo.

4.1- Objetivos Específicos

- Ensinar as crianças a identificar as partes do corpo;
- mostrar a importância da higiene no nosso desenvolvimento.
- Demonstrar a importância dos cuidados com o corpo e da higiene para a saúde;
- Identificar e promover a utilização dos objetos de higiene pessoal

5- Fundamentação teórica:     

  Este projeto justifica-se pela necessidade de desenvolvermos e buscarmos metodologias de trabalho que estimulem a criatividade, capacidade de concentração e autonomia do aluno, bem como, ampliar a variedade de linguagens que permitam a descoberta de novos caminhos de aprendizagem e outras formas de conhecer e interpretar o mundo ao seu redor.
Trabalhar a música, bem como os jogos e brincadeiras, como formas de linguagem para a ampliação da aprendizagem é antes de tudo um fazer artístico, é mexer com a sensibilidade humana e suas emoções, abrindo canais de expressão e comunicação.
Segundo Weigel (1988), a partir das experiências musicais, o pensamento da criança vai se organizando. E, quanto mais ela tem oportunidade de comparar as ações executadas e as sensações obtidas através da música, mais sua inteligência e seu conhecimento vão se desenvolvendo.
        Com relação ao lúdico, jogos e brincadeiras, Munhoz (2000), afirma que o brincar enquanto promotor da capacidade e potencialidade da criança deve ocupar um lugar especial na prática pedagógica, tendo como espaço privilegiado, a sala de aula. Muito pode ser trabalhado a partir de jogos e brincadeiras. Contar, ouvir histórias, dramatizar, jogar com regras, desenhar entre outras atividades, constituem meios prazerosos de aprendizagem.
        Segundo Santos (1997), brincar é a forma mais perfeita para perceber a criança e estimular o que ela precisa aprender e se desenvolver.
Sendo a brincadeira resultado de aprendizagem, e dependendo de uma ação educacional voltada para o sujeito social criança, devemos acreditar, que adotar jogos e brincadeiras como metodologia curricular, possibilita à criança base para subjetividade e compreensão da realidade concreta.
Portanto, o potencial educativo da música e das brincadeiras é amplamente conhecido, pois levam o aluno a ter uma visão mais crítica, tornando-o atuante e participativo no processo ensino-aprendizagem.
6- Metodologia

1ª Dia.
 - A professora ira contar história sobre higiene do corpo. Sugestão de livro: “Vamos escovar os dentes” da autora Beatriz Matiotti Odriozola. Conversar com as crianças sobre a importância de tomar banho, pentear os cabelos, usar roupas limpas, lavar as mãos antes de ir ao banheiro e antes das refeições, escovarem os dentes, etc.

 2ª Dia
  - Apresentação de músicas sobre o tema
  Sugestão de música:
  O sapo não lava o pé (Conhecimento popular)
  Ratinho Escovando Os Dentes - Rá-Tim-Bum.
  Ratinho Tomando Banho – Ra-tim-bum.
Será brincado coma as crianças utilizando bonecos e bonecas, aproveitarem a brincadeira para ensinar os alunos a utilizar adequadamente os objetos de higiene pessoal, escova de dente, sabonete, toalha, escova de cabelo, cotonéte.

3ª Dia
 - serão exibidos alguns vídeos e musicas sobre higiene e pedir aos alunos identifique e colarem desenhos que envolvam objetos de higiene pessoal.
- Explicar a importância dos hábitos de higiene para a saúde e aparência.

4ª Dia
No desenho em anexo, as crianças irão.
- colar lã ou barbante no lugar da piaçava.
- colorir de vermelho o retângulo na figura abaixo.
A professora ira perguntar se as crianças ajudam em casa. Em seguida vão elaborar um mural ”como você ajuda a mamãe?”
- o professor ira escrevendo à medida que as crianças forem falando.

5ª Dia
- ligar os objetos de higiene que começam com a letrinha abaixo. (em anexo)
- observar a ilustração, e identificar os objetos de higiene pessoal, dar a utilidade de cada objeto utilizado na higiene.
- montar um mural da higiene com vários rótulos de higiene.

7- Avaliação.

A avaliação será processual, visando o desenvolvimento da aprendizagem e formação infantil.
Plano de aula

Objetivo:

- Estabelecer diferentes maneiras de relacionar som e movimento.

- ensinar as crianças a identificar as partes do corpo.

- Possibilitar o contato com diferentes sonoridades mecânicas (músicas gravadas), ou criadas pelos próprios alunos.

- Metodologia:

- A professora ira apresentar dois vídeos aos alunos, logo após iram conversar com eles sobre a importância da higiene pessoal destacado no vídeo, logo após pedir aos alunos identificarem objetos de higiene pessoal.

 Atividades:
- exibir vídeo, musica.

 Conteúdo:
Desenvolvimento das atividades
 
·         Vídeos e atividades
            Duração: um dia

- Exibição dos vídeos:
   Ratinho Castelo Rá-tim-bum
   Ratinho escovando os dentes
   Musica lavar as mãos (Eliana).
   O sapo não lava o pé.

- Explicar a importância dos hábitos de higiene para a saúde e aparência.

- Pedir que os alunos identifiquem e coloram desenhos que envolvam objetos de higiene pessoal (sugestão de desenhos em anexo)

Referencias:

Referenciais curriculares nacionais de educação infantil.

Saúde Bucal infantil. Disponível em: http://www.colgate.com.br/app/Colgate/BR/OC/Information/OralHealthAtA. Cvsp?Cid=Br_googleoc_art_infantil.

Aprender Brincando.
Disponível em: http://professorajuce.blogspot.com/2009/03/higiene-i.html.

Higiene corporal.


Cronograma:


Horário

2ª feira
3ª feira
4ª feira
5ª feira
6ª feira
07h30min

Recepção
Recepção
Recepção.
Recepção.
Recepção.
08h00min

Café.
Café.
Café.
Café.
Café.
08h30min

Higiene.
Higiene.
Higiene.
Higiene.
Higiene.
09h00min as 10h00min
Lingu. oral e escrita
Movimento,
Musica.

Artes.

Matemática.

Natureza e sociedade.
10h30min a 11
Parque
Folhar livros infantis.
Brincar com jogos.
Parque.
Jogos.
11h00min

Almoço
Almoço.
Almoço.
Almoço.
Almoço.
11h30min

Higiene
Higiene.
Higiene.
Higiene.
Higiene.
11h30min,
12h30min
Soninho
Soninho.
Soninho.
Soninho
Soninho.









Um comentário: